Santuário Virtual

Online desde 2013

Santuário Virtual

Contador de Visitas

A lua agora

CURRENT MOON

PERGUNTAS FREQUENTES E RESPOSTAS

blackboard-prof-universe_02

1 – A técnica utilizada no Santuário Virtual é uma espécie de hipnose? É necessário entrar em transe?

Não, porque em um transe você “é” sua mente supraconsciente, sua mente que sonha. Durante esta meditação nós precisamos estar acordados, vendo tudo, percebendo o que está acontecendo de modo a poder falar sobre isto; compreender o que está acontecendo e aprender com o evento. Dizemos que o Santuário Virtual é um local de encontro, nem cá nem lá, de forma que ambos os participantes, a mente consciente e a supraconsciente possam manter um diálogo.

2 – Qual é a relação que esta meditação tem com aquela outra que pede que se vá a algum lugar específico na natureza?

Aquele é um tipo de meditação orientada – você vai a um lugar guiado por um texto ou gravação. Todo aquele processo é dirigido por outra pessoa que está te conduzindo.

No Santuário Virtual, quem guia você é a sua própria mente supraconsciente, antigamente conhecida por “inconsciente”. Você e ela criam o Santuário juntos, e a orientação da Viagem Clássica é apenas o início do processo, uma espécie de base em um território estrangeiro. Quando você está de férias em algum lugar desconhecido, você tem uma base para estar, como um hotel, ou algo do gênero. Você sai para excursionar de lá e volta para lá, de forma a ter um lugar seguro para descansar, se refazer.

3 – Mesmo não sendo muito bom para criar imagens mentais, serei capaz de realizar esta meditação?

Sim, como trabalhamos com todos os sentidos, não é necessário sermos especializados em nenhum deles. Desde que você consiga saber que alguma coisa é verde, por exemplo, não importa como você sabe disso. Geralmente é só uma sensação.

4 – Como posso saber que é realmente uma visão e não uma fantasia ou “sonho” estando acordado?

Você pode sentir a diferença. Você pode sentir em muitos níveis, mas principalmente quando alcança uma “Superação de Limiar”. Os sonhos diurnos não provocam um fluxo de excitação ou novas idéias, nem geram tanta energia extra para colocar essas idéias em prática. Por outro lado, as visões reais estão sempre em MOVIMENTO. Elas são ressonantes, vivas, cheias de energia e nós reagimos a elas com sentimentos e sensações. Eu posso ficar surpresa, feliz, aliviada, todo tipo de reações normais.

Uma característica fundamental da visão é a surpresa causada pelos desdobramentos. Se você se surpreende é porque não sabia o que ia acontecer e, portanto, não criou aquela seqüência de eventos.

5 – Devo fechar os olhos para meditar?

Eu recomendo sempre que você pratique com os olhos abertos e focados na construção do habitat. Um dos principais problemas que a pessoa tem com “visões” é que elas esperam ver com os “olhos do dia”, os olhos físicos. Existem certos caminhos neurológicos que conduzem aos olhos físicos e eles NÃO SÃO OS MESMOS CAMINHOS que conduzem às visões.

Assim, se você está tentando ver as visões com os olhos físicos e estiver com eles fechados, terá todo tipo de confusões visuais acontecendo.

Uma ótima idéia é escrever e desenhar o que estiver vendo, que na verdade são pensamentos, idéias, sensações, sons, emoções e intuições. É assim que a informação para a visão surge.

6 – Eu tenho dificuldade para ficar concentrado. Qualquer barulhinho ou perturbação me tira da visão. O que está acontecendo?

Quanto mais estressada uma pessoa está, mais difícil é manter a concentração. Portanto é muito importante relaxar antes de começar a meditação, afinal ela deve ser leve e fácil. Precisamos buscar a mesma disposição que tínhamos quando brincávamos.

A técnica chamada “Emo Trance”, desenvolvida dentro do Project Sanctuary, que você encontra na página “Terapias”, neste site, é excelente para relaxar e fazer a energia fluir.

7 – O que fazer se tiver uma visão assustadora?

Deve-se fazer a visão evoluir. Lembre-se da pergunta: e o que acontece depois? Leve o evento adiante até alcançar uma “superação do limiar”, que significa fazer evoluir a visão. Lembre-se de que você tem toda a mágica de todos os mundos, então, se você tem a visão terrível de milhares de criaturas malignas invadindo sua casa, você pode fazer o que você quiser para achar a solução – mudando a casa de lugar, transportando seus entes queridos para longe dali, negociando, ou até mudando a natureza das criaturas malignas de maneira que elas deixem de ser uma ameaça.

Você pode se afastar e olhar de cima, chamar alguns amigos para ajudar, mas tenha a certeza que você pode resolver o seu problema e, mais que isso, pode evoluir com ele.

Os símbolos do gênio são excelentes para nos lembrarmos de todas as opções diferentes que temos no Santuário Virtual. Á medida que você for experimentando os elementos por lá, vai descobrir que suas leis são bem diferentes das leis físicas daqui.

8 – Encontrei uma estória, mas ela não quer acabar. Estou seguindo ela há dias e não vejo sinal de um final. O que fazer?

Nós chamamos isto de “meta estória”. Assim são criadas as grandes estórias, como Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Guerra nas Estrelas. É muito gratificante acompanhar uma meta estória porque ela flui com tanta força que os eventos se desdobram e se entrelaçam e vão arrastando e transformando tudo pelo caminho. Não superamos apenas um, mas vários limiares ao longo da estória.

Não foi você que encontrou uma meta estória, mas foi ela que te encontrou e essa é uma experiência realmente especial, preciosa de fato. Pode esperar por uma verdadeira catarse no “gran finale”.

9 – Estou fascinada pelo assunto. Como faço para aprender mais?

Vamos continuar sempre alimentando o site com novas idéias e informações. Me envie um e-mail se tiver dúvidas ou sugestões. Vamos procurar responder rápido e fornecer o máximo de informações disponíveis.

 

Data: 30/01/2013 2 Comentários

2 respostas para “FAQ”

  1. Armando Corazzari Filho disse:

    Malu, tudo bem? Meu Santuário foi invadido por veículos completamente estranhos, o local se transformou, de uma linda paisagem para um local invadido, chovia muito, as casas ao redor destruidas, muita lama, esses máquinas passavam em alta velocidade,perseguindo as pessoas imprecionante a realidade do sonho, tive a possibilidade de verificar com atenção um veículo parado,era enorme, a parte da suspensão exposta, era de uma beleza mecânica incrível,nunca vi nada igual, não tive medo, mas senti uma certa impotência , não consegui ver os tripulantes dessas máquinas, eu não tinha controle algum do sonho. Tudo isso ocorreu após um curto periodo de meditação antes de dormir, e já deitado com os olhos aberto visualizando meu santuário, procurando não forçar nehuma imagem mental, pois ele ( o Santuário ) ainda é bastante instavél, logo após adormeci…abraços Malu, tudo de bom…

  2. Luiza Tosold disse:

    Armando, você está indo muito bem. Lembre-se de que “tudo é energia”, principalmente nos domínios do Santuário. Lembre-se também de que a energia precisa fluir até que você alcance um clímax do tipo “eureca!!!” com o corpo inteiro. A tradução seria “ultrapassando o limiar”. Todo seu campo energético se reorganiza quando isso acontece. Procure recordar o que percebeu com todos os sentidos. Se pergunte: se a situação tivesse um cheiro, qual seria? um sabor? sensação na pele? Não permita que a energia pare de fluir. Quando entramos no Santuário já deitados e prontos para dormir, perdemos um pouco o “espírito do exercício” que é um contato entre as duas mentes. Quando pegamos no sono, a mente de energia toma o controle. A melhor forma de entrar no Santuário é sentado em frente ao computador, só deixando o fluxo correr naquele momento. Isso é chamado: “escrevendo de dentro do fluxo de energia”. Se você tiver uma maior facilidade para desenhar, ao invés de escrever (apenas), desenhe, faça a planta da casa, o mapa do mundo onde está… O importante é perguntar sempre: e agora, o que acontece? Curta as sensações agradáveis, mas também dê sempre sequência prá elas. Faça um jogo com os símbolos do gênio para você e tire uma pedra sempre que se sentir parado na estória. Os símbolos podem ajudá-lo a dar seguimento até alcançar o “salto quântico”. A cada conquista, o diáligo entre as duas mentes fica mais nítido e fácil de seguir. E lembre-se principalmente da magia. Você pode modificar tudo o que quizer. Saudações, você está dentro!

Deixe uma resposta